Facebook Google LinkedIn Pinterest Tumblr Twitter

S/ título

Gravura

ID: MusA-530
Medidas:
50 cm;65 cm (altura;largura) Litografia a 1 cor (técnica)
Descrição:
Obra surrealista de forte cunho erótico. Num céu breu, uma enorme esfera solar irradia longos raios sobre uma superfície árida, quase lunar, de onde se desenrola uma cena metafísica. Em primeiro plano, languidamente pousados no chão, estão amontoados partes de corpos. Aglomeram-se no canto inferior esquerdo. Nádegas (a), pernas (b) e um braço dobrado em ângulo reto (c), formam um todo voluptuoso, unidos superiormente por duas conchas, por onde saem inúmeros tentáculos capilares emergindo daí uma farta cabeleira. Sentado sobre as pernas, um homem anão, colocado de costas desnudadas ergue com o braço direito o seu bastão. Os seus longos cabelos estão seguros com a mão do braço dobrado em ângulo reto (c).
Em segundo plano, destacam-se dois elementos gráficos visualmente poderosos. À esquerda, na gravura, está representada uma torre circular, de pedra. Alta e estreita, culmina com ameias cerradas. Na sua base, virada à direita, uma porta constitui a única abertura nas paredes robustas.
Centrado na gravura, o segundo elemento consiste em dois quadrúpedes fantásticos que se posicionam por baixo do globo solar. Um está em primeiro plano relativamente ao outro, escondendo-lhe assim parte do corpo. Ambos os seres têm corpo de cavalo, membros superiores terminando com pés humanos, cauda semelhante a uma longa cabeleira ondulada e uma cabeça substituída por longos e grossos tentáculos entrelaçados. Se o cavalo mais avançado está aninhado diante da torre, o que se encontra atrás encontra-se de pé. Encontra-se virado para a torre e tem a particularidade dos seus membros inferiores humanos estarem posicionados de frente. A sua anca corresponde à linha de um ventre humano virado para cima, que se prolonga formando duas pernas, terminando em dois pés humanos. Casais anãos antropomórficos estão nus e abraçados entre si. Ambos estão sentados virados em direção à torre.
Um deles encontra-se sobre o dorso do ser fantástico, visualmente mais afastado. O homem segura uma bandeira hasteada. O segundo casal está prostrado junto ao chão árido, entre a porta da torre e o ser imaginário mais avançado.

Related people Cruzeiro Seixas (autor)
Related places Lisboa (1.1.8) (centro de fabrico) Zona Técnica Central - Museu (repositório)

Collections
Gravura

+info